quinta-feira, outubro 25, 2007

paris est full

(para selvi)


nem que você caminhe por todo montmartre, que invoque o espírito de napoleao bonaparte, que conserve intacta uma cueca de sartre

vai conseguir lugar para dormir na cidade

porque paris is full e esta noite os concierges se dividem entre os que nao falam inglês e os que nao estao desolés

est-ce que vous avez une chambre? um mísero chambrinho, pode ser, com uma cama de solteiro, um colchao de 20 anos e poucas pulgas?

o hotel de 4 estrelas tem quartos disponíveis, sao suítes, e a recepcao acha graca

porque sabe que 260 euros no seu caso é uma complicacao dentária

de grande porte. e bufam, bufam, isto é paris no fim de semana, paris em final de campeonato de rugby, c'est paris, paris is full

os ingleses reservaram tudo antes.




segunda-feira, outubro 22, 2007

paris is full

sexta-feira, outubro 19, 2007


quarta-feira, outubro 17, 2007

bonjour madame, isto é um assalto


estou na frança. se o teclado nao fosse tao bizarro, contaria minha experiencia surrealista no supermarché, contaria com detalhes como a segurança do supermercado champion conseguiu encontrar uma etiqueta antifurto nas entranhas de minha sony cybershot toda ralada que completou 3 anos em julho. é isso que apita, me dizia o rapazinho, com um instrumento que parecia proprio para a prospecçao de minas terrestres em moçambique. depois eu voltei pro hotel e dormi uma siesta so pra descontrair um pouco. vive la france!

sexta-feira, outubro 12, 2007





Latinale


Três dias em casa e já estou arrumando a mochila. Domingo saio a viajar de novo, vou ler poemas no festival Latinale, em Berlim. Você pode ler a programação e as biografias dos convidados aqui. O site está em espanhol e alemão.

O Latinale é um festival de poesia latino-americana. É itinerante. Vamos ler em 5 cidades: Berlim, Potsdam, Leipzig, Colônia e Hamburgo.

E o melhor de tudo é que o Carlito também vai.

quinta-feira, outubro 11, 2007

banco do brasil comment te dire que eu não quero cheque ouro
que sou uma pobre poeta sem trabalho fixo
que não posso pagar R$ 24 por mês só pra ter uma conta com vocês
ai ai ai e é a terceira vez
é a terceira vez que vocês me dão o cheque ouro sem eu pedir
é a terceira vez que vão ter que estornar
o valor que tungaram da minha conta bancária
banco do brasil pare de passar a mão na minha grana
pare de passar a mão na minha bunda

quarta-feira, outubro 10, 2007

Argentina VII

me lo comí
me lo comí
había un poema acá
pero me lo comí
estaba rico el poema
relleno de maní
como las golosinas
que vende mi tia lucí
eruté eruté
y era música
la escucharon
los frailes y las monjas
y una sola golondrina
que volaba a parís

domingo, outubro 07, 2007

Argentina XI

nao é sua culpa se nao sei fazer churrascos
preparar martinis
e se nao li como deveria ter lido barthes

antes
preferia arriscar-me em navios
limpezas de convés
e confirmar a amizade dos homens

oh but i hate what your kind
hasn´t done for me
Argentina X


poeta argentina

manejo siesta vox black
& vermelho

perlongher pizarnik thenon
bianco medrano e freitas

freitas, no sos 1 poeta argentina

bueno, soy 1 poeta brasileña
Argentina IX

mamá cocinaba y
yo la miraba cocinar

papai eu quero mamar
nao é um pedido

mamar
Argentina VIII


aquela anedota que nunca contei

a filha de diplomatas mongóis
era emotiva mas tinha grana
para comprar bons rímeis

entao quando chorava
e os amigos acudiam

ela com as maos abertas
como se o esmalte estivesse fresco
se abanava para secar as lágrimas

e repetia entre soluços
waterproof waterproof
Argentina VI


para colocar de volta os óculos
é preciso querer ver de novo

seja querer se ver de novo
seja para ver como ficou o rímel

se pode notar o efeito
por trás das lentes?

e se eu choro
se borra o produto?
Argentina V


amo minha amiga de infância
quando ela me levanta a cara
e me passa rímel

e me diz que agora sou poeta
e tenho trinta anos e que nao é
só acordar lavar o rosto e deu

(me deu seu rímel da lancôme)

estou linda
só tenho que esperar que seque o rímel
para colocar de volta os óculos
Argentina IV


com base no texto publicado, pode-se dizer que joanna newsom:

a. ( ) é um bom pedaço de bife
b. ( ) é uma salada de agriao
Argentina III


você comeria a joanna newsom?
sim mas nao nestas condiçoes:

um jornalista paulistano passa a noite pensando
que newsom é bem bonita mas se veste
excentricamente

é bem bonita

ou seja nao é feia
é bonita mas nao nestas condiçoes

você comeria a joanna newsom?

você diria que ela parece uma menininha
que usa botinhas e que pelo rasgo do vestidinho
pode ver sua calcinha?
Argentina II


os churrascos sao de marte
e as saladas sao de vênus

me dizia uma amiga que os churrascos
cabem aos homens porque sao feitos
fora de casa

às mulheres as alfaces
às alfaces as mulheres

que alguém se rebele e diga
pela imediata mudança de hábitos

assar uma carne no forno
seria um paliativo nao seria uma soluçao
que suem as lindas na frente da churrasqueira
e que piquem eles as folhas verdes
Argentina I

se estou na argentina sou uma poeta argentina
se leio a argentina com um grande livro, se como na argentina, se escrevo na argentina e defeco na argentina
sou poeta argentina
e nao é que me esqueça ou que nao me importe ser brasileira
meu passaporte verde vale cinco mil mangos no comércio de passaportes
mangos dólares que valem mais que a fruta nacional
mas quando estou na argentina prefiro ser uma poeta argentina
porque assim sou sem resistências
e nao sinto falta do arroz porque aqui a massa
mesmo a mais barata de supermercado
nao tem igual


se fosse argentina saberia preparar asados
que sao diferentes do churrasco
esse envolvido em sal grosso perfurado por espetos machos no rgs
rgs bem podia ser a sigla de complicaçoes estomacais
ou o barulho de uma frase que nao te sai
porque esta entalada na garganta porque no rgs
las mujeres suelen ser así
e você tem que ser muito independente ou estranha
para fazer um churrasco
e me parece que o churrasco sai mal
quando é muito pensado


e alguém pode dizer que eu voltei feminista da argentina
ou será que eu tive muito tempo para pensar
nessas coisas que ninguém quer pensar
que é melhor que nao se pense nada
e que os churrascos sejam machos
como as saladas sao fêmeas


a verdade é que nao voltei da argentina

terça-feira, outubro 02, 2007



novo livro do fabiano calixto!