terça-feira, janeiro 31, 2006

remotely queued

' nem fala em tédio
' (puro engodo)
' nem em remédio
' pra levitar:

' não há método
' para o voar
' do dedo médio
' ao anular

domingo, janeiro 29, 2006

estar com os gatos


não fico muda
nem pressinto
o elevador

isto fazem
os gatos

cabeça
e patas
e lombo de
torpor
elástico

ontem
bebi demais
e a sofia me
olhava
como se

eu fosse a dona em chamas
a cabeça um flamejante cacto

de qualquer forma não era eu
não era a mim que a gata via

eu reclamo
da solidão
isto não
fazem
os gatos

a santíssima trindade
felina
que ocupa
o apartamento
52
preocupa-se pouco
a não ser
com a ração no pote

e caixinhas
bem limpas
com regularidade

eu toco violão
isto não fazem os gatos
isto eles acham
perfeitamente
desnecessário

no que nos igualamos?
no estado de choque
no olho parado

eu em cima da cama
eles
embaixo.

terça-feira, janeiro 24, 2006

feliz!


andrei cunha fez uma versão do meu poema mais antigo, as bruxas de bruxelas, pro inglês. ficou lindo.


as bruxas de bruxelas
batem panelas
pra espantar as baratas tontas
que vivem nas pontas
dos sapatos delas.
enjoy!

segunda-feira, janeiro 23, 2006

para jeni

embora eu me
sinta com menos
de trinta

(sabe-se lá
o que é
ter trintanos

gatos vão sete
vezes mais rápido
que os donos)

eu tenho cada mês
desses
trinta e três.

sábado, janeiro 21, 2006

byebyebio

e se eu não deixasse nada escrito
te dissesse: tudo já foi dito
e deixasse em meu lugar
uma canção da rita lee?

*

musiké

tenho pavor de festinhas
aparo as arestas da farsa
visto minha roupa nova
mas hoje não saio de casa

quarta-feira, janeiro 18, 2006

para o gato

até amanhã, meu gato
vais dormir sozinho hoje
que pecado
estou te deixando comida
duas tigelinhas cheias
e um baldão de água
onde de um certo ângulo
vais poder beber a lua

até amanhã, meu gato
vais dormir sozinho hoje
no sofá, enrodilhado
com aquela cara de tédio
dos teus amigos cachorros

é só esta noite
e na semana que vem
talvez duas noites

(hoje dorme fora amanhã
nem dorme depois de amanhã
é domingo)

até amanhã, meu gato
de manhã, meu gato
te deixo meu cheiro
um controle remoto

amanhã eu volto

terça-feira, janeiro 17, 2006

50 anos hoje


America I've given you all and now I'm nothing.
America two dollars and twenty-seven cents January 17, 1956.


America, do Allen Ginsberg. Noah me lembrou, ontem, da data. Thanks, buddy. Hoje é certo que eu chego em casa e pego o meu exemplar do Howl pra ler.

domingo, janeiro 15, 2006

provérbios praianos


nunca diga dessa água não beberei tudinho

quinta-feira, janeiro 12, 2006

PEÇA CORAÇÃO

(Heiner Müller)

Um- Posso pôr meu coração a seus pés.
Dois- Se não sujar meu chão.
Um- Meu coração é limpo.
Dois- É o que veremos.
Um- Eu não consigo tirar.
Dois- Você quer que eu ajude?
Um- Se não incomodar.
Dois- É um prazer para mim. Eu também não consigo tirar.
Um- (Chora)
Dois- Vou operar e tirar para você. Para quê que eu tenho um canivete. Vamos dar um jeito já. Trabalhar e não desesperar. Pronto – aqui está. Mas isto é um tijolo. Seu coração é um tijolo.
Um- Mas ele bate por você.

(Tradução de Marcos Renaux)


Tirei da oficina online do Carlito Azevedo no Portal Literal. Aliás, passem lá.

quarta-feira, janeiro 11, 2006

guei

"galáxia-anã está se unindo à via láctea, diz pesquisa." tá na folha de hoje. muito bem. esperem até a bancada evangélica do congresso ficar sabendo disso.


melhores votos

da adriana paiva, no periplus: "2006 promete. faça-o cumprir".


quem?

jt leroy é mulher. deu ontem no nyt e hoje nos jornais brasileiros. ai que preguiça já tô desse/a jt leroy.

sábado, janeiro 07, 2006

miopia, miopia,
eu me queixo mas te abraço
todo dia

por ignorar a sujeirama
da padaria

e algum cabelo no ralo
da pia

tá certo, é traiçoeiro
não enxergar o sabonete
no chão do banheiro

e desconhecer conhecidos
e perder sorrisos
e tiros certeiros

(quantas promessas de amor,
miopia, me roubaste?

sem contar que no espelho
me revelas um belo dum traste?)

ah, miopia, miopia,
mi hermana, amiga mia,

tu é o nome do meio
da poesia.



*

uma mensagem de nossos patrocinadores:

feliz 2006 pra vocês. muita paz & muita poesia. que este seja o ano dos corações contentes e tranqüilos.

love,
angélica